Toca Raul!!! Blog do Raul Marinho

Ainda a carta do Tojinho

Posted in Atualidades by Raul Marinho on 21 março, 2009

protogenes-jpeg

A carta que o delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz, enviou ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é o documento histórico brasileiro mais importante desde a carta-testamento do Getúlio. Pelo menos é nisso que seu autor deveria estar pensando quando a redigiu, e essa deve ser a razão de existirem, além das versões em português (a língua do emitente) e em inglês (a língua do receptor), uma terceira em francês: para facilitar a leitura ao Sarkozy. Aproveitando que o Obama está com uma agenda tranquila, sem fazer muita coisa, é óbvio que o estadunidense vai dar a maior importância para a operação Satiagraha. O Sarkozy que eu não boto muita fé, pois com o mulherão que ele tem em casa, duvido que ele vai perder tempo lendo cartinha de meganha sulamericano.

Mas, a despeito do pensamento megalomaníaco e do evidente comportamento amalucado do delegado (não se sabe se por patologia ou por estratégia, talvez uma mistura dos dois), o fato é que tem coisa importante escrita ali. Olha só esse parágrafo perdido, no meio do texto:

O próprio presidente da república, o Lula, acaba de colocar los amigos para assumir controle do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) com um decreto no dia 19 de fevereiro de 2009, visando obstruir processos relativos à soberania da nação – aliás, uma jogada não muito distante do Patriot Act do presidente G.W. Bush que custou aos EUA um atraso que o senhor pode mensurar melhor do que ninguém. No caso em questão, 11 entidades autônomas, incluindo as forças armadas brasileiras, formavam um conselho consultivo que coordenava a Sisbin. Esse conselho foi agora substituído por um comitê de seis indivíduos amigos de Lula, todos com um passado ético extremamente questionável.

Não é uma informação muito relevante para o Obama, mas internamente o é. Por que o Lula reformulou o Sisbin? Qual a versão oficial?

E aí presidente? Como você explica isso?

Posted in Atualidades by Raul Marinho on 12 novembro, 2008

lula1

Enquanto o nosso presidente Luís Inácio Marolinha da Silva passeia pelo mundo em seu Airbus, nossas crianças continuam morrendo: o Brasil é o 3o pior país em mortalidade infantil na América do Sul, só ganhando da Bolívia e do Paraguai. O que seria inaceitável é, nesse caso, um absurdo, vindo o Lula de onde veio (filho de uma mãe que “nasceu analfabeta”, ele mesmo poderia ter morrido ainda bebê). Mas tudo bem, tenho certeza que o PAC vai resolver também este problema, e que em 2010 nosso país apresentará índices de mortalidade infantil escandinavos.

Resumindo:

Posted in Atualidades, Just for fun by Raul Marinho on 1 novembro, 2008

Você leus meus últimos posts sobre o comportamento do Lula nesta crise financeira global? Se não, não precisa mais, a charge abaixo os resume. (Saiu na Folha de hoje, e é do Bennet, um chargista que eu não conhecia, mas que tem um blog incrível).

Futturologia*

Posted in Atualidades, Ensaios de minha lavra by Raul Marinho on 7 outubro, 2008

O mundo está acabando. As bolsas estão derretendo, o crédito está paralisado, os bancos centrais de todo o mundo estão atônitos. Profecias sobre o fim da hegemonia estadunidense estão chovendo, e sobre o capitalismo e o livre mercado também. Os ufanistas apostam que o futuro pertence ao BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), e que nós, brasileiros, vamos dominar o mundo.

Balela: os EUA vão continuar sendo o país mais rico do mundo, e os BRIC vão continuar sendo países pobres. Releia esse blog em outubro de 2009, e se eu estiver errado, pode me escrever que eu me comprometo a comprar a primeira página da Folha de São Paulo para publicar minha retratação. Tudo vai mudar para continuar exatamente como está.

O ponto é o seguinte: Os laboratórios farmacêuticos dos EUA continuam fazendo pesquisas e registrando patentes; A Microsoft, a Google e a Apple continuam investindo em tecnologia e lançando produtos inovadores; Hollywood continua produzindo filmes cada vez mais interessantes para o gosto popular; Harvard, Yale, MIT e Princeton continuam empregando os melhores cérebros do planeta… Ou seja: a capacidade de produção de riqueza dos EUA continua (e continuará) a mais forte do mundo.

Enquanto isso, o Brasil exporta soja, minério de ferro e suco de laranja, e aposta num futuro grandioso porque encontrou petróleo no “pré-sal”. Deus tenha piedade de nós.

*O duplo t é recomendação de meu numerólogo particular.

Porque o Brasil não vai para a frente

Posted in Atualidades, Ensaios de minha lavra by Raul Marinho on 7 outubro, 2008

Este final de semana, estive em Palestina (interior de São Paulo), acompanhando a reta final da campanha do meu futuro sogro, “Delegado Nicanor” (esse era o seu nome na cédula), à prefeitura daquela cidade – a propósito, ele ganhou. Na véspera, estava com minha noiva na calçada em frente ao comitê, quando fomos abordados por uma mulher. Ela queria dinheiro para pagar uma conta de luz atrasada, R$40. Óbvio que não demos, mas se tivéssemos dado, ela faria a mesma coisa que a vimos fazer logo em seguida: ela foi ao comitê do outro candidato pedir dinheiro (e provavelmente também foi nos comitês dos dois outros candidatos naquele dia). Acho muito provável que alguém tenha dado o dinheiro que ela estava pedindo.

O que vimos acontecer nesse 4 de outubro em Palestina foi uma “mini-miniatura” do que ocorre em escala nacional, com o programa Bolsa Família. Na prática, o Governo Federal institucionalizou o ajutório – ou seja: ele passou a dar os R$40 para pagar a conta de luz atrasada para mulheres iguais a que nos abordara em escala industrial –, e com isso se pereniza no poder. Nada muito diferente do que fez Getúlio Vargas, e é por isso que de lá para cá muito pouca coisa mudou. Embora o presidente diga que “nunca na história desse país” isso e aquilo, o fato é que continuamos um país pobre, injusto, violento e corrupto. E vamos continuar sendo.